Resenha: Kongou Banchou

kongou

Após o termino do manga pelos scanlator eu não poderia deixar de fazer uma resenha digna para uma obra tão fantástica como essa, não e? Então aqui esta a resenha definitiva de Kongou Banchou.

Kongou Banchou conta a historia de Akira Kongou, um jovem de aparência um tanto peculiar por ser praticamente uma parede de músculos de mais de 2 metros com uma atitude forte que nunca se deixa abater.

01

Essa sua aparência acaba despertando o interesse de Hinako, uma jovem que adora fotografar coisas incomuns. Infelizmente Hinako acaba sendo deixada de lado no restante da historia, porem pelo fato de não ser uma personagem que sobreviveria em batalhas, o que e bastante justificável.

Nisso começamos a historia já com Kongou invadindo um quartel da Yakuza armado de um carro…sim um carro XD

01-3

Infelizmente para alguns o manga não se trata de porrada entre delinquentes ou de brigas com a máfia japonesa, mas sim…de política, acredite.

Apesar do plot ser apenas uma desculpa parar gerar lutas ele se demonstra interessante em diversos aspectos.

O objetivo de Kongou e impedir seu irmão de realizar o projeto dos 23 distritos, que consistem em diversas lutas entre banchous para ver quem ira mudar o Japão atual.

82

Apesar de banchou se referir a “lideres escolares” ele apresenta outro significado neste manga. Cada banchou é o líder de um distrito e carrega com si uma visão de mudança diferente do governo e da sociedade japonesa. Tal visão inclusive influencia na aparência e nos golpes de cada personagem.

Golpes que se demonstram cada vez mais exagerados a medida que o manga segue seu rumo para o fim, e que acabam gerando cenas hilárias mesmo que este não seja o objetivo da ação.

10_028

Junto com Kongou temos 4 ex-inimigos que se juntam a ele devido ao grande carisma do personagem.

Iai Banchou, um samurai que deseja um Japão mais puro e que acaba se tornando a espada de Kongou, como ele mesmo se nomeia. Extremamente rápido e com técnicas incomuns, assim como a maioria dos personagens.

10_112

Nunbutsu Banchou, um monge budista que consegue assoprar rajadas perfurantes de vento graças a força e elasticidade absurda de seus órgãos internos. Acaba sendo uma figura mais cômica muitas vezes.

Gouriki Banchou, uma jovem de baixa estatura possuidora de uma constituição física chamada Hyperion, que alem de a tornar super forte faz com que seu corpo seja praticamente indestrutível.

76

E por fim meu favorito, Hikyou Banchou, o trapaceiro. Ele aparenta ser fraco e usa de todos os meios necessários para vencer, des de um frasco de laxante a granadas, porem esconde muitas coisas, incluindo sua verdadeira força. Com certeza e o personagem que mais evolui ao decorrer da serie.

Após o fim do projeto inicial temos a segunda parte do manga, onde Takeshi, irmão de Akira, finalmente mostra ao que veio.

Ele reuni os vencedores dos outros estados do Japão em um grupo que visa a dominação mundial a visão deste conturbado líder que deseja apenas a devastação completa da humanidade por causa de um trauma do passado.

10_088

A partir deste ponto o manga passa a ter ótimos plot twists e tanto as lutas como os exageros só tendem a melhorar cada vez mais, chegando a um final único que supera o de muitos mangas.

Kongou Banchou pode não ser filosófico, e ate aparentar um aspecto mais simples, porem cumpre bem o fator principal de qualquer obra, divertir o leitor.

Anúncios

Sobre Zigfrid

Administrador e redator do blog Mangatom. Viciado em games, amante incondicional de quadrinhos e cinéfilo enrustido.

Publicado em 14/01/2013, em Resenha e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Parece ótimo com certeza lerei.
    Sobre a parte de politica tem um mangá muito bom que estou lendo que trata muito bem disso, Akumetsu.

    Curtir

  2. parece JoJo’s Bizarre Adventure

    Curtir

    • Não acho tão parecido. Mas e que Kongou Banchou mescla elementos de mangas antigos para fazer um manga novo.

      Sem contar que Jojo tbm e muito hot blooded XD

      Curtir

  1. Pingback: Dia 01 – Seu quadrinho favorito | Mangatom

  2. Pingback: Dia 24 – Um quadrinho que te faz rir | Mangatom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: