Primeiras Impressões: One Punch Man

OPM

Estou um pouco atrasado com esse post de primeiras impressões, provavelmente todos os blogs “especializados no assunto” já fizeram uma resenha desse mangá online que vem fazendo bastante sucesso, mas isso não significa que eu deixaria passar a oportunidade de escrever algumas palavras sobre o mesmo para os meus leitores.

One Punch-Man é um manga escrito por ONE e que posteriormente ganhou uma segunda versão desenhada por Yuusuke Murata, autor do famoso manga de futebol americano Eyeshield 21. O traço do Murata ajudou bastante na popularização do título que até então não recebia tanta atenção provavelmente por ser uma publicação online de uma “revista” recente.

022

Eu particularmente não me interessei por ler a versão antiga do manga. Alguns podem até dizer que a resenha desta “V2” não pode estar completa sem que eu ao menos de uma folheada na versão do ONE, porem devo admitir que eu so fui atrás do mesmo por causa do traço do Murata e sinceramente eu nunca iria me interessar por um mangá cuja sinopse é “um herói que derrota todos com um único golpe” pois por mais que eu goste de lutas exageradas tal conceito me parece entediante.

Mas então eu resolvi ler o tão comentado mangá este mês e apesar de no início eu não colocar muita fé no título acabei por me acostumar ao estilo do mesmo e aos poucos descobri pontos que me agradaram e fizeram a leitura ser bastante prazerosa.

018

O fato do herói vencer com um único soco passou a me incomodar menos, exceto por um pequeno detalhe que me remete de forma estranha ao meu ódio por cavaleiros do zodíaco, que no caso estou me referindo as lutas onde os personagens apanham até dizer chega para no fim ganhar um power up e vencer. Obviamente não existe um “cosmos” em OPM e sim um herói que aparece apenas para terminar lutas onde outros personagens apanham até sobrar apenas a carcaça.

Lógico que nem tudo nessas lutas é ruim pois me divirto vendo certos poderes e a ação detalhadamente representada pelo traço magnifico de Murata. Apesar deu falar tanto do estilo visual da obra isso passa longe de ser o ponto forte da mesma, pois nada faria sucesso se fosse apenas uma embalagem sem conteúdo.

003 (2)

E nesse momento que entra ONE com suas piadas escrachadas e uma maneira única de ver um mundo de heróis corrompido onde qualquer um pode se candidatar a vaga sendo o único requisito ser forte. Isso acaba acarretando na contratação de heróis invejosos que fariam de tudo para acabar com a carreira de terceiros, outros que visam a licença apenas para o teste de armas e até mesmo um herói que se colocou como preso apenas para poder estuprar pessoas sem que ocorra alguma punição.

Este último parece um tanto absurdo mas a questão e que ele continua exercendo a profissão de herói mesmo assim e o mesmo pode escapar da prisão a hora que quiser, mais uma vez sem nenhum tipo de punição. Eu acho muito legal esse contraste de visões diferentes do que pode ser um herói, mesmo que muitas vezes estas sejam aplicadas apenas para a construção de piadas ou para mostrar o quanto Saitama é Overpower.

OPM_15_31

Sim, senhoras e senhores, o herói mais forte da terra e talvez do universo se chama… Saitama. Digo “talvez” pois eu ainda espero pelo momento em que o mesmo terá algum tipo de dificuldade contra um oponente, nem que isto seja apenas mais um sonho.

Resumindo um pouco o nosso herói em características marcantes posso dizer que o mesmo não possui quase nenhuma, tanto que não sei se vale apenas listar. É exatamente esta falta de características que faz dele um personagem interessante, acredite se quiser. Ele e um cara simples e entediado que vai levando a vida de herói na ponta pé sem ligar muito para o que aconteça com as outras pessoas.

009

Isso até surgir Genos, um cyborg cujo objetivo é se vingar pela morte das pessoas de sua vila. Ao ver Saitama em combate o mesmo decide se tornar seu discípulo, assim alterando a maneira de viver do nosso herói. O mesmo obviamente não se interessa em passar a frente nenhum tipo de técnica ou treinamento e vive dizendo que conseguiu sua força com um treino regular de uma maneira tão convincente (para os leitores) que realmente não sei disser se o mesmo esconde algo ou simplesmente ganhou os poderes de forma aleatória.

Apesar de no início Saitama não gostar da ideia de um discípulo essa mudança brusca de cenário passa a modificar o mesmo aos poucos e acaba ate mesmo dando um novo significado a essa vida vazia que ele vinha levando. Essa evolução do personagem que não teria mais como evoluir a primeira vista e muito interessante e foi o fator chave para eu prosseguir com minha leitura.

005

Após um tempo entram os outros heróis e a associação que reúne e classifica os mesmos, como eu havia dito previamente. É exatamente nesse ponto que Saitama encontra seu objetivo, subir ao topo do rank. Mas espera, porque o herói mais forte de todos estaria começando como a classe mais baixa entre os protetores da terra?

Primeiramente existe o fato de o teste inicial além de examinar a força física possui uma prova escrita na qual ele obviamente não passou. Se fosse apenas este o problema estaria ok, mas como eu disse antes ele não possui características marcantes, ou seja, não possui carisma para se erguer perante as massas como um herói querido por milhares, e isso acaba por gerar situação onde realmente podemos ver o quão forte uma pessoa pode ser e o quão manipulável e deplorável o ser humano consegue se mostrar.

046

Bem, é isso, apesar do manga já possuir um bom público ainda tem muito o que crescer e acredito que com o tempo as partes que me irritaram irão sumir assim tornando a experiência um prazer sem fim, ou algo do tipo =P

one.jpg

Anúncios

Sobre Zigfrid

Administrador e redator do blog Mangatom. Viciado em games, amante incondicional de quadrinhos e cinéfilo enrustido.

Publicado em 15/01/2014, em Primeiras Impressões e marcado como , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Tabibito-san

    Como é que está Zigfrid?

    É singular de certo jeito,que não tenha lido ainda este manga.Ele já apareceu como uma(e mais) sugestão de convidados noutro post de algum tempo que me foge à memória,mas lembro de que tinha muita gente nesse dia,do sucesso propagado e de me lembrar que já tinha lido uns capítulos,onde se não me engano,estava no capítulo 35;e sim estaria meio perdido etc quanto ao total já traduzidos-publicados.

    “(…)devo admitir que eu so fui atrás do mesmo por causa do traço do Murata e sinceramente eu nunca iria me interessar por um mangá cuja sinopse é “um herói que derrota todos com um único golpe” pois por mais que eu goste de lutas exageradas tal conceito me parece entediante.”O que Yuusuke Murata,diria de declarações assim??Atrair-lhe-ia com uma manga como num punhado de alpiste numa arapuca?? =P

    Como disse,a leitura precede as indicações(Dica: Veio daquele pra quem indicou “Gankutsuou” na Corrente de Reviews 1) e é muito difícil alguém esquecer do detalhe “Vence com um golpe/soco”,o que em lutas é broxante em certa medida,no entanto já se deparou com Shigurui?Tem boas chances de já… :p Contudo a quantidade,diferenciação e suspense,organizações,egos,contornam isso,né mesmo?

    Eu não lembro de uma dica palpável sobre Saitama: seu cinismo,sua mudança de face perante o perigo,sua força,seu passado,a aceitação do “colega”.E acho que também não?A menos que tenha surgido além de onde eu vi ou tenha pegado algo não visto/lembrado.

    E se fosse dizer que ele tem uma característica marcante,diria que é a mudança cômica-fodástica do tipo “O médico e o monstro”.Estou me perguntando o quanto ele andou desde que tirei um conchilo.(risos)

    Até logo…

    Curtir

  2. Olá!!

    Este parece ser um título para uma boa leitura online. O problema é que eu não gosto/costumo ler pelo pc, então a coisa se torna mais difícil de eu chegar a lê-la.

    Contudo, a premissa da mesma mostra um diferencial para com os mangás do tipo, e personagens marcantes (por mais que você falou ser uma pessoa sem característica) parece ajudar bastante para não cair na mesmice.

    Esse plot dele ter alguém para mudar sua vida ajuda bastante.

    Até mais

    Curtir

    • Eu também não gostava de ler pelo PC, mas uma hora me cansei do que saia pelas editoras e com o tempo passei a me acostumar. Eu hoje em dia prefiro ler online pela variedade de títulos.

      Se você gostar mesmo do manga vai acabar lendo sem problemas, basta se esforçar um pouco no inicio ^^

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: