Indie-A-tom #04 – Guacamelee

guacamelee

Mais um indie-a-tom chegando, bem atrasado por sinal. Realmente peço desculpas. Vou até postar um aviso no blog logo acima desse post pois o negócio ta complicado.

Agora deixando isso de lado espero que curtam o texto e até a próxima!

Não se engane, não estou falando de comida mexicana, apesar do banquete de referências a cultura desse pais. Guacamelee e um Beat-em-up, ou “porrada de rua” para os leigos, cujo o personagem principal e um fazendeiro que sonhava ser lutador e acabou por realizar seu desejo após morrer tentando salvar sua amada.

Ao chegar ao outro mundo ele acaba colocando a máscara de lutador sagrada assim podendo retornar ao mundo dos vivos para cumprir com seu destino, salvar o mundo do terrível Calaca! Junto com ele temos a múmia lutadora tostada (não e piada) que não possui encaixe nenhum na historia, sendo esta usada apenas para achievements ou caso queira jogar com um amigo.

Quanto aos outros personagens, maioria so esta ali para fazer piadas ou nos mostrar textos inúteis. A exeção fica por conta dos vilões que possuem um backstory que completa a trama e alguns poucos personagens que passam missões para o jogador. O ruim destas missões e que além de serem poucas não tem graça alguma completa-las. Por sorte o jogo compensa isso, e muito bem.

O mundo com level design ao estilo metroidvania apresentado em Guacamelee esta repleto de elementos que fazem o jogador jogar por horas afim. Como o próprio estilo de fase já diz, existe muito a ser explorado e o jogador e recompensado ao fazê-lo ganhando power-ups, encontrando desafios ou simplesmente procurando easter eggs.

Tudo isso com uma bela seleção de inimigos em seu caminho. Apesar de serem poucos e com algumas variações por cor o combate não fica entediante, pelo contrário, so tende a empolgar cada vez mais. Isso se deve ao sistema de combos, bastante similar ao de jogos de luta, onde o jogador deve utilizar de seus especiais e golpes comuns para criar o score perfeito enquanto da uma épica surra em um esqueleto de sombreiro.

E apesar disso soar como outro score attack o jogo te da motivos para utilizar os combos, sendo estes inicialmente apenas uma forma de acertar inimigos voadores ou combar um inimigo que desvia sempre. Com o tempo nos e apresentado um sistema de auras que devem ser quebradas utilizando o golpe especial correto ou combando o inimigo.

Por fim os especiais ainda possuem outras duas utilidades. Primeiro e indispensável o uso de especiais para abrir certos caminhos, como era de se esperar em um jogo desse estilo. Mas existe outra utilidade para os mesmos que pode afastar certos jogadores ou fazê-los vibrar, como foi o meu caso. E imprescindível utilizar os mesmos nas partes de plataforma, seja para pular mais alto ou realizar 5 comandos em sequência por um simples prêmio.

Para a sorte daqueles que detestam este elemento e possível zerar o jogo sem ter de passar pelas áreas mais difíceis de plataforma. O mesmo vale para certas arenas de combate e para todos os desafios.

E antes que eu me esqueça Guacamelee tem um certo elemento que costuma ser o atrativo inicial para muitos que compram o jogo. Falo da possibilidade de viajar entre o mundo dos vivos e o mundo dos mortos, uma vez que a temática inteira do jogo e o Dia de Los Muertos.

Essa habilidade e utilizada não so para aumentar o mundo mas também nas lutas! Como devem ter notado o sistema de batalha deste jogo e uma mescla de diversos elementos que sozinhos são simples mas que se complementam de maneira fantástica!

Recomendo o jogo para todos que buscam um bear-em-up extremamente detalhado e bem feito, apesar do curto tempo de duração do jogo.

Se você curtiu o post aproveite e de um “Like” ai em baixo, deixe seu comentário, siga o blog, compartilhe nas redes sociais e não confunda com Mucha Lucha.

Anúncios

Sobre Zigfrid

Administrador e redator do blog Mangatom. Viciado em games, amante incondicional de quadrinhos e cinéfilo enrustido.

Publicado em 30/03/2014, em Indie-A-tom e marcado como , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: