Indie-A-tom #05 – Faster Than Light

FTL

Uma coisa que sempre quis ver em um jogo era a possibilidade de controlar todos os tripulantes de um navio, e apesar de Faster Than Light não ser bem um jogo sobre piratas ele e o que chega mais perto do que eu tinha em mente.

No jogo você controla uma nave espacial e tem de atravessar uma galáxia inteira, passando pelos mais diversos setores intergalácticos, para poder ganhar a guerra e salvar a base da poderosa nave dos rebeldes.

A história e bem simples e direta, porem e compensada por um conteúdo gerado 100% aleatório, com direito a eventos com múltiplas opções de ação e um sistema de manejamento de recursos de outro mundo…literalmente.

Primeiramente o jogador deve escolher uma das 6 naves disponíveis, ou suas versões alternativas, cada uma tripulada por raças únicas, além de possuir layouts, sistemas e armamentos diferentes, o que influencia muito no jogo.

De início a maioria deste conteúdo está bloqueado, mas pode ser facilmente conseguido através de eventos e um pouco de sorte. Para facilitar ainda mais o processo foi lançado a pouco tempo um DLC com o modo de jogo avançado, que vou explicar mais a frente as diferenças.

Então quando tiver escolhido seu meio de transporte e a dificuldade nos vemos em um manto negro cheio de pontos, cada um representando um avento e um caminho por onde o jogador poderá seguir. O objetivo e conseguir alcançar a saída antes dos inimigos te alcancem, pois eles te detectam sem um motivo aparente. Obvio que isso e apenas uma maneira diferente de dizer que o tempo e limitado.

Se os inimigos lhe alcançam a uma pequena chance de escapar usando seu FTL Driver ou derrotando-o caso você seja o pica das galáxias e já tenha adquirido scraps, a moeda do jogo, o suficiente para fazer upgrades e talvez comprar aquele canhão triplo de íons em uma loja no fim do universo.

Mas não basta apenas ter armas fortes e níveis altos de energia, afinal esse e um jogo de estratégia. Simples mas complexo de se aprender. E necessário escolher onde os tripulantes vão se posicionar, que habilidades eles devem aprender, quais portas abrir, que sistemas ativas/desativar, onde atirar, que arma usar, etc.

Praticamente cada modelo de inimigo ira exigir um tipo diferente de estratégia definida pelo jogador ao analisar sistemas, tripulantes, armamento, escudos e layout. As vezes a nave pode parecer fraca, mas e uma Zoltan com escudo especial, uma Engi com sistema anti-íons ou um cruzador Mantis que insiste em enviar seus poderosos guerreiros para um confronto físico.

Obvio que o local da batalha também influencia, pois este pode ser realizado no meio de um confronto em grande escala, um campo de asteroides, uma estrela de alta grandeza ou uma espécie de lua com pulsos de íons que me lembra o evento Magnetar.

O mais legal de tudo e que o jogo recentemente ganhou um DLC grátis que libera o modo avançado, novas naves, um setor inexplorado e muito mais. Porem o mais legal, pelo menos para mim, foi como facilitaram o jogo sem deixar o mesmo fácil. Ok, mas como isso e possível? Sim, eu sei que essa frase parece sem logica mas agora e possível desbloquear naves derrotando o chefe ou chegando até o setor 8.

Para compensar temos novos sistemas como o de controle mental ou clonagem, armas com mais de um nível de carregamento, novos eventos, layouts, raças, etc. Pra mim o jogo está cada vez mais perto de se tornar o melhor jogo Sci-fi que joguei, se não fosse um pequenos problemas.

Demora muito para poder chegar até o setor final e lá você tem não so uma nave filha da puta gigante que te matara em segundos e fara tudo ser em vão como também possui outras naves inimigas no seu caminho e a grandona não pode ficar mais de 3 turnos na base senão você perde.

Para facilitar quando você chega no ultimo setor a base restaura seu HP e lhe da alguns drones e misseis. Existe ainda áreas de reparo que você pode usar para o mesmo fim, mas que não servem pra nada uma vez que se você abandonar a luta final para se curar a nave inimiga volta toda restaurada.

Mas não e so isso, já disse que ela possui 4 armas fortes, vários sistemas incluindo hacker e stealth, 4 drones, milhares de tripulantes e um escudo de 4 camadas? Bem, isso e nada quando você não consegue acertar um único tiro e a nave ativa o stealth.

Sim, seu pior inimigo e esse stealth de merda pois ele além de fazer a nave não ser atingida faz com que suas armas não carreguem. Ainda me pergunto que titica tinha na cabeça dos desenvolvedores desse jogo ao fazerem com que sua arma pare de carregar. Há, e antes que me esqueça, quando ela sair do modo invisível terá novamente 4 escudos.

Mas então, você chegou la, e apesar da dificuldade e dos danos conseguiu derrotar o chefão final! Ainda não, amigo. Você tem de derrotar ele 3 vezes, se não o negócio e mamão com açúcar.

Eu já cheguei a algumas vezes ir até o ultimo estagio do chefe mas minha munição acabou todas as vezes, exceto uma que fui ir até o reparo e esqueci que ele não pode ficar 3 turnos na base…

Mas ignorando a dificuldade absurda que você ira enfrentar no final do jogo na EASY recomendo ele fortemente pois será impossível achar outro jogo com os mesmos elementos e criado de maneira tão complexa. Apesar das queixas FTL e um jogaço, e ainda um dos meus favoritos.

Se você curtiu o post aproveite e de um “Like” ai em baixo, deixe seu comentário, siga o blog, compartilhe nas redes sociais e quebre a barreira da luz.

Anúncios

Sobre Zigfrid

Administrador e redator do blog Mangatom. Viciado em games, amante incondicional de quadrinhos e cinéfilo enrustido.

Publicado em 06/04/2014, em Indie-A-tom e marcado como , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: