Primeiras impressões: Pretty Deadly

Pretty Deadly

Resenha com base no volume 1.

Eu encontrei este quadrinho enquanto olhava os concorrentes ao Prêmio Eisner deste ano, e apesar do mesmo concorrer em 4 categorias eu o comprei meio que por impulso e deixei de lado por ter outras leituras na frente.

Então, após ler 3 títulos realmente péssimos, resolvi deixar de lado essa besteira de ordem de leitura e arrisquei minha sorte com Pretty Deadly. No início eu estava achando que seria uma leitura ruim e agora eu nem ao menos sei porque pensei isso.

Pretty Deadly Vol 1 TPB - The Shrike (2014) (Digital) (K6-Empire) 003

A primeira página da obra já foi o suficiente. Bastou uma olhada descompromissada em metade de uma página dupla para fazer com que eu me apaixonasse por sua bela colorização, e à medida que eu ia passando meus olhos por cada mínimo detalhe eu soube que enfim tinha achado algo que fosse me agradar.

Mas e quanto ao enredo? Eu não sabia absolutamente nada sobre o enredo, pois nem sinopse eu tinha lido, dá pra acreditar? Como já mencionado, comprei apenas no impulso de ter algo com tantas nomeações.

Pretty Deadly Vol 1 TPB - The Shrike (2014) (Digital) (K6-Empire) 049

Eu poderia muito bem estar indo novamente em direção a um emaranhado de textos ruins, mas logo notei que a indicação a melhor escritora não tinha sido atoa. Depois de terminar cheguei até mesmo a me perguntar como algo tão bom não ganhou. Acho que depois dessa devo ler Saga e outros quadrinhos para descobrir. Mas enfim.

No início da história somos apresentados a dois animais, um coelho e uma borboleta. Enquanto eles conversam vislumbramos uma cena perturbadora, onde o coelho narra seu único momento de medo. O fatídico dia de sua própria morte.

Pretty Deadly Vol 1 TPB - The Shrike (2014) (Digital) (K6-Empire) 005

Então, eles decidem relembrar outra história, assim levando o leitor a um local diferente, o velho oeste. Uma terra seca em tons de marrom cuja as penas negras de um abutre se destacam, não mais do que a garota que vinha correndo vestindo sua carcaça.

Em um salto ela se encontra no local de execução, e logo uma multidão se forma ao redor. A garota e uma andarilha que vaga de cidade em cidade acompanhada de um velho cego, para assim contarem uma história de romance envolvendo a morte encarnada.

Pretty Deadly Vol 1 TPB - The Shrike (2014) (Digital) (K6-Empire) 007

Em meio a essa segunda trama, quase que um Inception, a borda começa a ser preenchida com areia que logo toma forma da história, revelando o que se passa na imaginação de cada espectador.

Ao fim, uma cantiga, sobre a filha da própria morte, a qual dizem vir cavalgando por dentro de uma nuvem de poeira sempre que a música termina. E acaba, mas em vez da morte a pequena garota se depara com um cowboy. Mal sabe ela que esse encontro mudara sua vida para sempre, a conduzindo em uma jornada para se opor a própria morte.

Pretty Deadly Vol 1 TPB - The Shrike (2014) (Digital) (K6-Empire) 027

O melhor, em minha opinião, e que a história do volume 1 e toda fechada. Simplesmente acabou ali, agradando tanto a quem busca uma história curta, como a quem deseja ler uma serie em andamento. Recomendo fortemente este volume.

Anúncios

Sobre Zigfrid

Administrador e redator do blog Mangatom. Viciado em games, amante incondicional de quadrinhos e cinéfilo enrustido.

Publicado em 10/09/2014, em On the Nanquim, Primeiras Impressões e marcado como , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Olá!

    Gostaria de avisar que já linkei o Mangatom em minha lista de blogs parceiros!

    Aguardo retorno.

    http://paprikaaa.weebly.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: