Desabafo – Bullys, Haters e outros seres detestaveis

bully

A um tempo atrás eu adotei uma postura anti-spoiler, passou um tempo e abri uma editora, já fechada, e mais recentemente resolvi apostar mais no blog abrindo conta no Patreon (fechada) e convidando novos escritores.

Apesar disso tudo eu não sou o que poderia se chamar de famoso, nem ao menos reconhecido, acredito eu. Ainda preciso trilhar um longo caminho para transformar o site naquele ideal que venho sonhando a anos.

Por que estou comentando isso? Pois me parece que tudo que eu faço se torna fonte de ódio. Apesar deu não ser uma pessoa popular venho recebendo mensagens mal intencionadas dos famosos haters dia e noite, e isso me perturba de uma forma que você não tem ideia.

Seja uma serie de e-mails inflamatórios ou um único RT fora de contexto com a intenção de difamar minha pessoa, eu não lido bem com essas coisas. Muitas pessoas falam para eu dar um tempo nas redes sociais, me desconectar, ou passar a levar tudo na brincadeira.

Porem eu lhe pergunto “qual o limite da zuera?” Essa frase já manjada passa direto pela minha cabeça, pois não quero surtar e acabar ofendendo alguém por um motivo besta, como fiz outro dia por conta de um twitte que corrigia um erro ortográfico.

Eu fiquei cego de raiva e acabei atacando um usuário que eu sempre respeitei, provavelmente decaindo no conceito dele. Outrora inclusive fui parar no hospital com um ataque de ansiedade pós rage. Do PC direto para a emergência.

Mas qual a causa desse meu comportamento, que diga-se de passagem se tornou meu ponto fraco contra os trolls. No dia anterior ao embate que me levou ao hospital eu tinha ido num psicólogo (ou psiquiatra, não lembro) ver o que poderia ser feito quanto a minha insônia.

Lá descobri que a falta de sono e a ansiedade constante eram geradas por um grave problema de raiva, o qual eu deveria certamente tratar, mas me falta os recursos. Estou na luta pela marmita de cada dia, buscando um emprego fixo capaz de sustentar as minhas nerdices.

Esse vai e volta de diversos escritórios so aumenta meu stress, piorando meu quadro. Ai imagina como fico, quando um babaca aleatório resolve me atacar sem motivo, me relembrando os anos que passei sofrendo bullying?

Já comentei aqui? Por ter sofrido bullying durante quase toda minha vida eu entrei em depressão profunda me isolando da sociedade por 3 anos inteiros. Isso me custou todos os meus amigos e minha faculdade.

E nem faz muito tempo isso. Hoje tenho 26 anos. Me tornei praticamente um hikkimori aos 20, vivendo a base de animes e lanches rápidos, e somente aos 23 resolvi encarrar novamente o mundo.

Por ser algo tão recente não é de se estranhar que eu ainda não esteja 100%. Eu sofri muito durante a minha vida, e sei que devem ter várias pessoas por ai que passam/passaram por uma situação parecida, ou pior.

Sei que esse texto vai dar em nada, e apenas um desabafo, mas se eu fosse pedir algo seria que parem de agir feito imbecis como se o ato de maltratar outro ser humano te elevasse a um patamar de superioridade.

Você que age dessa forma, me desculpe informar, apenas se mostra imaturo. Faça um favor a humanidade e cresça

 

policc3ada-simpson-amenazante-revc3b3lver


Difamação na internet é crime e você pode fazer B.O. contra essa pessoa sim! Hoje tem muitos detetives da polícia que se especializam em investigar IPs de computadores, e esses haters podem sim ser processados.

 

 

Anúncios

Sobre Zigfrid

Administrador e redator do blog Mangatom. Viciado em games, amante incondicional de quadrinhos e cinéfilo enrustido.

Publicado em 12/05/2015, em Uncategorized e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 8 Comentários.

  1. Eu não sei o que está acontecendo nem o contexto das coisas, mas acho que você poderia usar esse hateísmo em benefício seu. Há pessoa que se tornam famosas justamente por serem malfaladas; isto é, depende do seu objetivo e também de como isso será executado. No mais, acredito que faz parte os trolls: veja só eu, tenho sites e blogs assim como você mas sequer são reconhecidos o suficiente para serem malfalados. Queria eu ter alguém pra discordar de mim.

    Curtido por 1 pessoa

    • Discordar seria ok. O problema é quando passa a ser ofensa ou difamação.

      Quanto a ser reconhecido, eu não gostaria de tomar este caminho. Eu não quero ser amado, digamos, mas quero muito menos ser odiado. Preferia um meio termo onde a qualidade fosse o ponto a ser observado, mas talvez isso seja muito hipster. (?)

      Curtir

      • O melhor é não se auto-julgar. Eu queria poder ajudar mais, mas um conselho qualquer na verdade ajuda muito pouco. O que eu faço, se for de alguma ajuda, embora não receba críticas negativas ou esse tipo de difamação que você fala, é continuar fazendo o que faço, ainda que perco um pouco do ânimo, mas buscar não parar por causa de uns dois ou três infelizes pois parar significaria que a merda-falada deles teve efeito sobre mim.

        Curtido por 1 pessoa

    • Sobre parar de escrever, ou qualquer outra atividade, pode ficar tranquilo. Você sabe bem que sou muito cabeça dura. XD Sem contar que o blog é em parte uma terapia. Fazer textos, não importando qual assunto, e uma atividade que me relaxa bastante.

      Curtir

  2. Entendo o que você está sentindo. Mas, olha: se existem pessoas que estão gastando o tempo delas para tentar fazer o mal para você, significa que elas tem inveja de você. Isso mesmo: essas pessoas queriam ser como você é. E como não conseguem, preferem te maltratar para ver se você decai.
    Eu faço ilustrações e já tive que ler comentários não agradáveis – para não dizer outras coisas – sobre o meu trabalho. E por um tempo, eu realmente acreditei que aquelas coisas horríveis poderiam ser verdade… mas quando expus o problema para amigos e até mesmo no blog que tenho, recebi respostas que me fizeram perceber exatamente isso que lhe digo: essa pessoa tem inveja.
    Eu sei que é difícil ignorar, mas é o que se pode fazer. Agora, se você está realmente incomodado e está começando a afetar sua saúde, tire print de tudo e faça um dossiê. Difamação na internet é crime e você pode fazer B.O. contra essa pessoa sim! Hoje tem muitos detetives da polícia que se especializam em investigar IPs de computadores, e esses haters podem sim ser processados.

    Curtido por 1 pessoa

    • Obrigado pelo comentário. Consigo correlacionar alguns dos haters com o que você falou, de serem pessoas invejosas. Talvez não o último ataque, que me fez escrever este texto, pois me pareceu apenas uma criança se aproveitando do meu estado para trollar.

      Não tenho certeza da idade do sujeito, apesar da minha afirmação, porem já deixei avisado que se a difamação proceder irei tomar uma ação mais drástica. Por agora a solução foi bloquear a conta.

      Se me permite, gostaria de quotar parte do último parágrafo e colocar no final da minha postagem. É importante as pessoas saberem que podem contar com a polícia mesmo em casos que ocorram exclusivamente na internet.

      Curtido por 1 pessoa

  1. Pingback: Brigas e mais brigas | Mangatom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: