Indie-A-Tom: Majotori – Um jogo muito “Daijobu”

O gameplay que vocês veem no vídeo é dos primeiros minutos do jogo Majotori, e preferi deixar assim, sem cortes, para evitar spoiler tanto do enredo como das respostas. Afinal, como podem ver, se trata de um Quiz Game onde seu desempenho decide o destino dos personagens.

A princípio parece algo bobo, e estar apenas em inglês e espanhol dificulta um pouco o acesso, porem resolvi trazer o jogo para o Mangatom por achar que se enquadra bem ao público do canal, e principalmente do blog.

O game apresenta um estilo gráfico simplório, porem charmoso, que se destaca nas referências visuais e dita logo pela capa que é algo casual e divertido, contendo perguntas voltadas mais para o público otaku, gamer e fã de cinema, porém sem deixar de lado outros campos nerd geek, assim também incluindo perguntas de quadrinhos e desenhos, além de ocasionais questões sobre conhecimentos gerais ou estudos diversos.

Nada muito difícil, mas que sem dúvida garante um diploma na área de cultura pop, e que pode ser apreciado sozinho sem nenhum problema, tanto que o foco central do jogo parece ser exatamente este. Uma trivia divertida para testar seus conhecimentos, passar o tempo de maneira descompromissada ou observar os divertidos e estranho cenários gerados ao termino de cada quiz.

Algumas linhas de história se complementam, sendo a de Ava, a inicial, possivelmente a mais longa, e o caminho pelo qual se segue depende em parte do número de erros e acertos, porem também pode ser influenciado pela sorte, em momentos onde a bruxa altera o resultado, simulando aqueles momentos de roleta onde a seta passa mas volta ao anterior por pouco.

As questões parecem se tornar mais complexas ao decorrer que se progride, finalizando enredos, e não se repetiram nenhuma vez, apesar de serem geradas aleatoriamente. O inglês é o espanhol, apesar de ser um empecilho como disse no começo, pode ser superado com conhecimento básico da língua, e o jogador pode alterar as opções do jogo eliminando os tipos de questões que não lhe agradam, assim tornando o produto muito inclusivo.

Fora isso, apesar do foco ser o singleplayer, eu consigo ver facilmente pessoas se juntando em uma festa, ligando o jogo e alternando entre enredos ou até mesmo entre cada questão, se posicionando em times, e por aí vai.

No fim Majotori se mostra um game divertido, principalmente para quem deseja testar seus conhecimentos, e sem dúvida se sobressai quando comparado a outros games similares. Porém, apesar do conteúdo amplo, não me vejo pagando 11 reais pelo produto, e, portanto, o recomendo com desconto. Lembrando que este se encontra disponível para PC, IOS e Android.

Anúncios

Sobre Zigfrid

Administrador e redator do blog Mangatom. Viciado em games, amante incondicional de quadrinhos e cinéfilo enrustido.

Publicado em 09/04/2017, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: