Arquivos do Blog

Indie-A-tom: Downfall – Hotel dos Horrores (+ Sorteio de The Cat Lady)

Atenção: O texto presente aqui é um roteiro de gravação, então, apesar de ser perfeitamente possível ver minha opinião através deste, sugiro assistir ao vídeo pois ele possui leves alterações.

Último review do ano! Porém não o ultimo vídeo. Algo que vou entrar em mais detalhes no final do Review de Downfall. Mas antes de prosseguirmos, tenho de parar e falar um pouco a respeito de The Cat Lady, último jogo resenhado. Afinal um é meio que sequência do outro.

Leia o resto deste post

Anúncios

Indie-A-tom: The Cat Lady – Gatos, Suicídio e escolhas difíceis + Sorteio de key

Atenção: O texto presente aqui é um roteiro de gravação, então, apesar de ser perfeitamente possível ver minha opinião através deste, sugiro assistir ao vídeo pois ele possui leves alterações.

Jogos de Point and Click, ou aventura se preferir, são normalmente bem coloridos, muitas vezes cartunescos e repletos de comedia. Até mesmo aqueles de temática um pouco mais séria, como Primordia, tendem para esse lado light ao menos no enredo.

Leia o resto deste post

Indie-A-tom: Darkarta – O Melhor IHOG já feito!

Atenção: O texto presente aqui é um roteiro de gravação, então, apesar de ser perfeitamente possível ver minha opinião através deste, sugiro assistir ao vídeo pois ele possui leves alterações.

Você já ouviu falar de Hidden Object Game? Existem chances de você já ter dado de cara com um ou outro jogo deste gênero, mas conhece-lo a fundo é para poucos, pois é algo voltado a um nicho bem casual. Leia o resto deste post

Indie-A-tom: Grimsfield – Uma Aventura Beatnik!?

Ultimamente me senti insatisfeito com o rumo do universo, literalmente. Vejo as ações de outros indivíduos e desdenho elas ao mesmo tempo que inflo meu ego para momentos depois atacar a mim mesmo e desejar uma morte rápida, uma escapatória, mesmo eu sendo um ser guiado pela lógica que jamais optaria por este caminho. Leia o resto deste post

Indie-A-tom: DreamBreak

Neste vídeo falamos de DreamBreak, um adventure game nos moldes do clássico Another World.

Poste Especial: Melhores de 2015!

melhores de 2015

Mais um ano que se vai, repleto de pontos altos e baixos. Não quero ser pessimista, mas isso é simplesmente a vida. O que nos faz sair da bad e seguir em frente e a maneira como encaramos os acontecimentos passados, seja guardando lembranças positivas dos momentos que tivemos com nossos familiares, desabafando no ombro de um amigo ou, se for do meu time, relembrar as obras que marcaram 2015.

Convido vocês caros leitores a curtirem um texto especial, marcando a chegada de 2016. Sim, o Melhores do Ano, um dos posts mais visitados da história do blog está de volta. Aqui eu e meus colegas nos reunimos, como bons amigos que somos, para indicar a vocês não apenas os melhores lançamentos mas também os títulos que marcaram o ano para nos.

Sem mais delongas, eis nossas escolhas para os melhores de 2015. Leia o resto deste post

Resenha em Massa – Franquia Digimon

digimon

Finalmente! Após incontáveis meses Digimon Tri deu as caras, negando qualquer boato sobre seu cancelamento e surgindo num formato ainda não tocado pela mídia. Nisso convido vocês, caros leitores, a embarcarem numa jornada pelos incontáveis digimundos da franquia, culminando numa rápida análise da nova série. Leia o resto deste post

Indie-a-FREE: Crowtel

crowtel
Crowtel não é realmente grátis, existe a possibilidade de se pagar por ele, a quantia que desejar para ser mais preciso, e apesar de ser uma opção colocar o digito zero eu sugiro que faça um pequeno agrado ao desenvolvedor desse game. Leia o resto deste post

Indie-a-Tom: Dreaming Sarah – Mergulhe no desconhecido

sarah
Quando falamos de Dreaming Sarah a primeira coisa a se dizer é que não busque informações.  Pera lá, isso também não quer dizer que se deva comprar o jogo às cegas, apenas que ele é melhor aproveitado sem entrar a fundo no enredo, ou suposições do que seria um.

Leia o resto deste post

Indie-A-FREE #03 – Serena

serena

Olá novamente a todos. Nesse terceiro post do Indie-A-tom resolvi falar de um jogo grátis muito legal, como podem ver no título. Tirei a ideia de mudar o mesmo por causa do WTFREE do Total Biscuit, apesar que fica mil vezes melhor com o nome da coluna dele XD

Agora vamos deixar essa besteira de lado para “degustarmos” o post =P Leia o resto deste post