Arquivos do Blog

Retro Bits: Bomb Jack (GB)

Nesse vídeo apresentamos o game Bomb Jack de GB, de 1992. Um port de um clássico dos árcades de 84, onde você guia um herói que deve coletar bombas enquanto desvia de dinossauros, aliens e criaturas marinhas. Uma espécie de mistura entre Pac-Man e Qix.

Anúncios

Indie-A-tom: She Wants Me Dead

Devido a exigências do desenvolvedor o review de She Wants me Dead será postado primeiramente aqui no blog, sendo o texto que veem abaixo o roteiro do vídeo sem nenhuma alteração.

O mesmo so será postado no YouTube no fim de semana, podendo ter atrasos. Quanto a entrevista que vim prometendo no twitter, ela deve sair também numa data próxima, porem apesar de completa sou obrigado a deixa-la em segundo plano.

Tendo dito isso, peço que não se voltem contra a empresa, pois eu estou realizando tais mudanças sobe contrato. Apenas esperem e tudo vira em sua devia hora. Aproveitem o review!

shewantsmedead Leia o resto deste post

Entrevista: Hungry Bear (Indie Dev)

Entrevistamos a galera da Hungry Bear, um grupo de desenvolvedores indie por traz dos títulos Dogurai, Rat Trap e Snake Scape.

Para uma análise mais detalhada dos games acesse a matéria em nosso blog https://mangatom.wordpress.com/2016/04/21/cobertura-da-jam-nerd-festival-bring-parte-7/

Música de fundo – The Night of Lukifell, por Vurez
http://ocremix.org/remix/OCR02166

Cobertura da Jam Nerd Festival / BRING – Parte 8 [FINAL]

jnf8

E é isso gente, após 8 posts “consecutivos” chegamos ao fim da cobertura da Jam Nerd Festival, mais precisamente da BRING. Eu realmente não achava que isso fosse se estender tanto, e acreditem teria material para continuar por um bom tempo.

Resolvi encerrar neste texto pois acredito que isso se prolongou muito e seria maçante para os leitores, fora que estamos a basicamente 1 mês focados inteiramente nesta matéria. E ai vem a pergunta, se a pressa era tão grande porque demorou a vir a oitava parte?

Como falei eu tinha muito material em mãos e tive de passar um pente fino, digamos, para selecionar que games apresentar no grand finale. E ai estão, os 3 últimos jogos desse evento incrível. Aproveitem.

Leia o resto deste post

Cobertura da Jam Nerd Festival / BRING – Parte 3

jnf3
Terceira parte da cobertura e você já deve estar pensando, por quanto tempo isso vai durar? Cara, era jogo que não acabava mais, e uma qualidade tão grande que lhe garanto, ainda tem pano pela frente. Então sente numa cadeira bem confortável, ajuste a tela e vamos lá que hoje os jogos são sensacionais! Leia o resto deste post

Poste Especial: Melhores de 2015!

melhores de 2015

Mais um ano que se vai, repleto de pontos altos e baixos. Não quero ser pessimista, mas isso é simplesmente a vida. O que nos faz sair da bad e seguir em frente e a maneira como encaramos os acontecimentos passados, seja guardando lembranças positivas dos momentos que tivemos com nossos familiares, desabafando no ombro de um amigo ou, se for do meu time, relembrar as obras que marcaram 2015.

Convido vocês caros leitores a curtirem um texto especial, marcando a chegada de 2016. Sim, o Melhores do Ano, um dos posts mais visitados da história do blog está de volta. Aqui eu e meus colegas nos reunimos, como bons amigos que somos, para indicar a vocês não apenas os melhores lançamentos mas também os títulos que marcaram o ano para nos.

Sem mais delongas, eis nossas escolhas para os melhores de 2015. Leia o resto deste post

Resenha + On the Screen? Confira Old Boy, o mangá e o filme.

oldboy

Digamos que um dia você acorde em um ambiente desconhecido. Um local fechado, sem janelas, cuja única saída é uma porta revestida de metal. Você observa um corredor através de uma portinhola de comida, pede ajuda, se movimenta desesperado, até se dar por vencido. Leia o resto deste post

Dai 03 – Uma grande adaptação ou remake de outra obra

dia-03 Leia o resto deste post

Top 50 animes (Zigfrid)

50zig

Bem galera, apesar de não parecer, eu já vi muito mais animes do que li mangas, chegando a ultrapassar 300 animes assistidos. Provavelmente essa época que tive de animefag que me fez abandonar os animes e pular de vez para os mangas.

Eu me sobrecarreguei de conteúdo animistico ate dizer chega nos 2 anos que fiquei trancado em casa sem sair. Serio…eu era tipo um hikikomori ultra depressivo pois  sofria bulling dos meus colegas, meus “amigos” e do meu professor, que carinhosamente me xingava de filho da puta e mandava eu me fuder. Amava muito tudo isso ❤

Fora essa época de consumo exagerado que tive, não nego que em parte deixei os animes por causa dos fillers, cortes, mudanças, etc, que quase todos os animes sofrem, e que uma hora ou outra vai fazer você desistir dos animes, acredito eu.

Obviamente não parei 100% de ver animes, outro dia mesmo tava maratonando uns filmes Ghibli. Porem, a quantidade que assisto diminuiu de maratonas exaustantes de 24h para um anime ou outro por ano.

“Porra zig, para de enrolar e fala logo do que e o post”. Eu queria desabafar um pouco, mas borá la. Alienados de plantão, para vocês que não sabem o que e um top, neste post estarei colocando as 50 aberturas dos animes que mais curti assistir.

Apesar de hoje em dia eu ter uma pequena aversão pela mídia, existem muitas obras boas, e obviamente não falo so de coisas antigas, pois o mercado sempre vai se reciclando, e em uma temporada ou outra pode realmente vir a surgir um novo “clássico do futuro”. (ou talvez seja so eu hipando uma merda, igual muitos fazem)

Bem, então abaixo seque a lista dos 50 animes que eu mais curti assistir ate o momento, espero que gostem. Leia o resto deste post