Arquivos do Blog

On the Nanquim: Tê Rex

tê rex.png

Cara, tenho uma pergunta para você. Tu é nerd? Tem quadrinhos na sua vida desde que se viu por gente? Talvez tenha começado a ler a 10 anos atrás, talvez 20, quem sabe mais. Pode ter começado por influência dos amigos, ou por compartilhar da paixão com pais e avós, mães e tias, quem sabe primos. Recebeu de herança uma coleção, ou comprou o primeiro gibi com o troco da merenda. Se tornou o que é por acompanhar paródias na TV, por se ver intrigado pelo universo Marvel e DC nos cinemas, ou simplesmente por seguir a modinha? Na real, nada disso importa. So importa a resposta. Tu é nerd.

Se for mesmo o caso, e deve ser, caso contrário você não estaria aqui, eu lhe apresento Tê Rex. Uma série de tiras que aborda o lado nerd, otaku, geek da força. Use o termo que preferir. São tiras simplesmente fenomenais, com um lado cômico e crítico maravilhoso, abordando temas desde política, bullying e racismo a spoilers, decisões editoriais e conservação de quadrinhos.

Logo como pode ver Tê Rex é um pouco mais amplo do que fiz parecer, tendo tiras que podem sim ser apreciadas por pessoas fora do meio nerd ou que curtam cultura pop, como por exemplo Planeta dos Macacos. Porém você ser nerd lhe possibilita não apenas ler toda a obra, como também faz você entender mais detalhes que estão presentes em tiras mais cítricas, seja sobre política ou sobre spoiler.

Tê Rex 04 - te-rexhq.blogspot.com

Fora isso, a sacada mais genial em Tê Rex e sua protagonista, a própria Teresa, ou Tê Rex. Uma dinossaura que é meio que um alter ego da ilustradora e colorista Marcelli Ibaldo (Closed Window), de 10 anos. O que, não acredita? Numa pessoa nova e ainda por cima mulher desenhando um HQ de maneira tão espetacular? Amigo, a Marcelli e a Tê iam te dar um puxão de orelha de outro mundo se escutam uma dessas.

O que torna a protagonista tão interessante é a junção de todas essas características. Mulher, jovem, nerd e dinossaura. O fato dela ser um ser jurássico é utilizado para ilustrar desvantagens, como os pequenos braços de um Tê Rex, para mostrar força, afinal é uma criatura dita como feroz, e para brincar com o lance do rugido. Ah, e o mundo pré-histórico aqui presente acaba servindo de paralelo pro nosso de forma fenomenal.

O lado mulher também é bastante pertinente, tocando em questões feminista de maneira espetacular e fácil de digerir, enquanto ela ser criança traz um certo tom de ingenuidade, esperteza e nostalgia, tudo misturado, fazendo com que Tê lembre bastante um certo garotinho loiro. Um tal de Calvin. Pois é uma criança falando de maneira sagaz de diversos tópicos exatamente pertinentes e atemporais.

Tê Rex 34 - te-rexhq.blogspot.com

Sendo assim, não poderia dar outra. Eu recomendo a todos os nerds de plantão a leitura da série em tiras Tê Rex. Marcelli Ibaldo surpreende muito e domina a obra com suas cores aquareladas, traço firme e paixão por dinossauros, enquanto seu pai Marcel Ibaldo (The Hype, Múltipla Escolha) dá as graças no roteiro, assim adaptando momentos vividos por Marcelli e colocando no papel o conhecimento dos dois desse fantástico mundo nerd que tanto amamos. Uma dupla sem igual.

Mas espere, o texto não para por aqui. Sim, você pode acessar o blog da Tê Rex e ler todas as tiras de graça. É uma opção sua. Não se trata de algo ilegal como buscar scans, mas ainda assim peço um investimento de sua parte. Pois desde 15 de maio de 2017 pai e filha se esforçam para dar vida a Tê Rex. Você nota a paixão deles pelo projeto. E apesar de ser ótimo ver o reconhecimento, ainda resta um sonho a ser realizado. O financiamento do HQ.

Dia 26 de Março de 2018 foi aberto no Catarse uma campanha de financiamento para um livro coletando todas as 60 e poucas tiras que os 2 publicaram ao decorrer desse ano. E para atingir a meta eles precisam do seu apoio. Contribuindo com 25 reais você já garante o livro em PDF e impresso, com autográfo dos 2 autores, nome nos agradecimentos e frete incluso. Contribuindo cima disso você leva tudo isso mais extras, como marca textos, arte em aquarela ou até mesmo uma tira inédita da Marcelli feita exclusivamente para você.

Tê_Rex_59_-_te-rexhq.blogspot.com

E então, tá esperando o que? O projeto se encontra no Cartase até dia 25/05/2018, e você pode ver ele clicando aqui. Eu mesmo já contribui e reservei meu exemplar.

Anúncios

On the Nanquim: A Morte do Superman

A Morte do Superman

Quando menores brigamos por tudo, mas quando nerds vamos mais além. É briga de Nintendo contra Sony, de fã de comic com fã de mangá, Marvel vs DC, e assim vai. Se algo se torna popular, essa é uma das tendências, por mais inútil que seja. Queremos mostrar que o que gostamos é o melhor que há. E foi no meio de uma discussão dessas que acabei resolvendo ler A Morte do Superman.

Leia o resto deste post

AtomCast: Evolução dos Zumbis

zumbiiiis

Logo provisório


Neste primeiro episódio Zigfrid (Raphael Gama), Lucas Sancarmo e Huldson Richard conversão sobre os zumbis pelas eras, de 2100 AC até os dias atuais, passando por mitologia, literatura, quadrinhos, jogos e cinema.

Quer bater um papo com a gente, enviar pautas, sugestões de leitura ou um feedback bacana? então envia um e-mail pra gente! Se juntar uma boa quantidade podemos até fazer um caixa postal e responder durante o programa. ^^

blogmangatom@gmail.com

Baixar o podcast: Mega

Listas com o que mencionamos no podcast. (em construção)

Filmes

Resenha em Massa: 3 Histórias Curtas

3curtas

No mundo dos quadrinhos existem aos montes títulos grandes, colossais, diria que alguns até infinitos, e isso sem contar aqueles que se renovam mudando o time e mantendo a franquia.

Porem com a correria e stress do dia-a-dia nem sempre estamos dispostos a mergulhar fundo em histórias tão densas, logo nada melhor do que aproveitar uns one-shots.

Abaixo você confere 3 rápidas “analises” de obras curtas para passar aquele tempo entre um cafezinho e outro.

Leia o resto deste post

Atom 5: Melhores Jogos da BRING #7

Neste vídeo apresentamos a vocês os 5 melhores indie games da BRING #7, um evento criado pela Behold (Knights of pen and Paper, Chroma Squad) e realizado dentro da Jam Nerd Festival.

Cobertura da Jam Nerd Festival / BRING – Parte 8 [FINAL]

jnf8

E é isso gente, após 8 posts “consecutivos” chegamos ao fim da cobertura da Jam Nerd Festival, mais precisamente da BRING. Eu realmente não achava que isso fosse se estender tanto, e acreditem teria material para continuar por um bom tempo.

Resolvi encerrar neste texto pois acredito que isso se prolongou muito e seria maçante para os leitores, fora que estamos a basicamente 1 mês focados inteiramente nesta matéria. E ai vem a pergunta, se a pressa era tão grande porque demorou a vir a oitava parte?

Como falei eu tinha muito material em mãos e tive de passar um pente fino, digamos, para selecionar que games apresentar no grand finale. E ai estão, os 3 últimos jogos desse evento incrível. Aproveitem.

Leia o resto deste post

Cobertura da Jam Nerd Festival / BRING – Parte 7

jnf7

Penúltima parte da cobertura, mais um grupo, e que tomou conta desse post inteiro. Falo da empresa Hungry Bear, a qual levou não um, ou dois, mas três jogos para o evento. Leia o resto deste post

Cobertura da Jam Nerd Festival / BRING – Parte 6

jnf6

Mais um dia, mais uma parte da cobertura da BRING. É hoje trazemos 3 jogos bem diferentes que você certamente deverá checar. Leia o resto deste post

Cobertura da Jam Nerd Festival / BRING – Parte 5

jnf5

Ai meu deus, isso não acaba. E tanto jogo, tanto gênero, que imagino que vocês já estejam pensando nisso. Eu mesmo quase, mas quase que pulo o dia de hoje para gravar um vídeo de Satellite Rush. Xiiiiiiii, não é pra ninguém saber. Leia o resto deste post

Cobertura da Jam Nerd Festival / BRING – Parte 4

jnf4
Parte 4. Me sinto cansado por passar horas escrevendo, tentando não deixar um buraco se quer, fazendo dos posts da cobertura algo ininterrupto, e por mais que meu corpo diga não eu empenho cada fibra nessa tarefa, pois no fim do dia o dever se transforma em alegria. Leia o resto deste post