Arquivos do Blog

Indie-A-tom: Fluffy Horde – RTS com coelhos assassinos!

Nesse vídeo você confere o review de Fluffy Horde, um jogo de estratégia em tempo real onde você deve defender moinhos, princesas e vacas de uma horda de coelhos assassinos que se multiplicam mais rápido que zumbis! Vai encarar esse desafio?

Anúncios

Atom 5: Os melhor jogos indie estilo Zelda!

Nesse vídeo separamos para você 5 jogos indie no estilo Zelda! São action adventures cheios de puzzles, inimigos interessantes, ótimos chefes e aquele gostinho de Hyrule.

Retro Bits #02 – The Ninja Warriors (SNES)

Nesse vídeo apresentamos o game The Ninja Warriors do SNES, de 1984. Um beat ‘em up com ninjas, robôs, soldados e tudo mais que uma criança dos anos 80 desejaria. Destaque para os golpes diversos, principalmente agarrões.

Primeiras Impressões: Shape of the World – Apenas relaxe!

Primeiras Impressões de Shape of The World. Um walking simulator que visa relaxar o jogador e trás bastante interatividade para a mesa. Explore um mundo em constante evolução nesse belo game!

Melhores reviews do Mangatom! (Trailer do Canal – 2018)


Aí está, o trailer do canal Mangatom! Curtiu? Então não deixe de se inscrever!

Os Melhores Jogos Indie de 2017 (Part 2)

Começo de 2018, e nada melhor para começar o ano com chave de ouro do que a segunda parte do Melhores Jogos Indies de 2017! Confira aqui alguns dos melhores indies lançados nesse período.

Os Melhores Jogos Indie de 2017 (Part 1)

O ano chega ao fim, e com isso vem a tradicional lista de Melhores de 2017! Confira aqui alguns dos melhores indies lançados nesse período. E claro, fique no aguardo da parte 2, onde postaremos os games do 5º ao 1º lugar.

Indie-A-tom: Figment – Uma aventura pela mente humana

Atenção: O texto presente aqui é um roteiro de gravação, então, apesar de ser perfeitamente possível ver minha opinião através deste, sugiro assistir ao vídeo pois ele possui leves alterações.

Existem certos momentos da vida em que você se depara com algo único, ou no mínimo diferente das experiências que teve até então. E videogames não é exceção. Sempre vai ter aquele jogo que marcou e que você não consegue encontrar nada igual no mercado, seja para o bem ou para o mal.

Leia o resto deste post

Indie-A-tom: Yooka-Layle – A nostalgia da era 64!

Atenção: O texto presente aqui é um roteiro de gravação, então apesar de ser perfeitamente possível ver minha opinião por este sugiro ver o vídeo pois este possui leves alterações.

Yooka-Layle, Fucking Yooka-Layle. O que falar desse jogo que muita gente mal conhecia, foi no hype e se decepcionou? Eu sei que é estranho começar um review assim, mas muitas das críticas que vejo é de que o jogo é repetitivo, curto, possui mundos massivos e os itens diversos saturam o gameplay. Leia o resto deste post

Obrigado por tudo, Satoru Iwata.

iwata

Desenho criado por mim. Uma pequena homenagem a um grande homem. http://zigfrid-ag-forever.deviantart.com/

Leia o resto deste post