Arquivos do Blog

Indie-A-tom: Mini-Ghost – Realmente Mini

Atenção: O texto presente aqui é um roteiro de gravação, então apesar de ser perfeitamente possível ver minha opinião por este sugiro ver o vídeo pois este possui leves alterações.

Lembram de Ghost 1.0? Se não, saiba que este é um dos meus jogos favoritos. Um metroidvania carismático e inovador que tive o prazer de fazer um review ano passado e que me conquistou tanto que acabou levando o primeiro lugar no meu top de 2016.

Agora em 2017 Ghost volta em um novo game, um preludio intitulado Mini-Ghost, que além de contar brevemente como se deu o surgimento do plot seguinte também serve como uma homenagem aos games de MSX, um padrão de microcomputadores da década de 80. Leia o resto deste post

Cobertura da Jam Nerd Festival / BRING – Parte 7

jnf7

Penúltima parte da cobertura, mais um grupo, e que tomou conta desse post inteiro. Falo da empresa Hungry Bear, a qual levou não um, ou dois, mas três jogos para o evento. Leia o resto deste post

Resenha + On the Screen? Confira Old Boy, o mangá e o filme.

oldboy

Digamos que um dia você acorde em um ambiente desconhecido. Um local fechado, sem janelas, cuja única saída é uma porta revestida de metal. Você observa um corredor através de uma portinhola de comida, pede ajuda, se movimenta desesperado, até se dar por vencido. Leia o resto deste post