Arquivos do Blog

Indie-A-tom: Flame Over + Sorteio

Atenção: O texto presente aqui é um roteiro de gravação, então, apesar de ser perfeitamente possível ver minha opinião através deste, sugiro assistir ao vídeo pois ele possui leves alterações.

Se pensarmos em uma profissão digna de seus integrantes serem chamados de heróis essa certamente e a dos bombeiros. Homens e mulheres corajosos o suficiente para encararem construções em chamas em busca de salvar a vida de terceiros. Leia o resto deste post

Anúncios

Os Melhores Jogos Indie de 2016

E ae galera, Zigfrid na área, e dessa vez com o TOP INDIE 2016!

Para muitos o ano se resumiu a tretas políticas, terrorismo, desastres e ser xingado por não passar na escola, o que é muito pior que tudo isso. Brincadeiras à parte, eu sempre detestei essas retrospectivas, que parecem ditar que so acontece merda na vida.

Para mim o ano de 2016 se resumiu a fortalecer vínculo com editoras e autores, poder participar de alguns dos eventos mais legais do país e criar este canal, assim adentrando o mundo dos YouTuber, e mais do que isso, conhecendo títulos independentes fantásticos.

Pois bem, então vamos listar esses jogos, por que não? Leia o resto deste post

Atom 5: Os Melhores Rogue Likes

Indie-A-tom: Ghost 1.0

Neste vídeo falamos de Ghost 1.0, um hibrido entre metroidvania e rogue like com um toque de bullet hell e horas de diversão. Sendo que a única forma melhor de descrever este jogo o colocando como um Unepic sci-fi, afinal é do mesmo criador.

Entrevista: Hungry Bear (Indie Dev)

Entrevistamos a galera da Hungry Bear, um grupo de desenvolvedores indie por traz dos títulos Dogurai, Rat Trap e Snake Scape.

Para uma análise mais detalhada dos games acesse a matéria em nosso blog https://mangatom.wordpress.com/2016/04/21/cobertura-da-jam-nerd-festival-bring-parte-7/

Música de fundo – The Night of Lukifell, por Vurez
http://ocremix.org/remix/OCR02166

Cobertura da Jam Nerd Festival / BRING – Parte 7

jnf7

Penúltima parte da cobertura, mais um grupo, e que tomou conta desse post inteiro. Falo da empresa Hungry Bear, a qual levou não um, ou dois, mas três jogos para o evento. Leia o resto deste post

Cobertura da Jam Nerd Festival / BRING – Parte 4

jnf4
Parte 4. Me sinto cansado por passar horas escrevendo, tentando não deixar um buraco se quer, fazendo dos posts da cobertura algo ininterrupto, e por mais que meu corpo diga não eu empenho cada fibra nessa tarefa, pois no fim do dia o dever se transforma em alegria. Leia o resto deste post

Cobertura da Jam Nerd Festival / BRING – Parte 1

jnf1 Leia o resto deste post

Indie-a-Tom: Downwell

Confira nossa analise de Downwell, uma mistura entre shmup e plataforma com um personagem equipado com sapatos de metralhadora saído direto da mente dos japoneses da Moppin.

Indie-a-Tom: Full Mojo Rampage

fullmojo Leia o resto deste post