Arquivos do Blog

Indie-A-tom: The Cat Lady – Gatos, Suicídio e escolhas difíceis + Sorteio de key

Atenção: O texto presente aqui é um roteiro de gravação, então, apesar de ser perfeitamente possível ver minha opinião através deste, sugiro assistir ao vídeo pois ele possui leves alterações.

Jogos de Point and Click, ou aventura se preferir, são normalmente bem coloridos, muitas vezes cartunescos e repletos de comedia. Até mesmo aqueles de temática um pouco mais séria, como Primordia, tendem para esse lado light ao menos no enredo.

Leia o resto deste post

Resenha: Black Paradox

black-paradox

Quando um quadrinho vem descrito como uma série de histórias de temática similar você não duvida que seja uma coletânea, mesmo que os personagens se repitam, ainda mais quando Junji Ito é o nome por trás da obra. Nada impede também que apenas a estética seja similar ou que o principal morra e reviva em cada conto. Leia o resto deste post

Suicídio Pensado

suicidio

Vocês já pararam para pensar como é a vida de um ser depressivo movido pela lógica? Parece uma pergunta estranha, mas é assim que me sinto constantemente. Um homem adulto sem emprego, amores ou amizades, e uma urge tremenda de acabar com este sofrimento.

Leia o resto deste post

Resenha: Aokigahara

aokigahara

Você já ouviu falar de Aokigahara? Espere, antes de responder – mentalmente, já que não te escuto – saiba que estou falando da Floresta do Suicídio, nome popular dado a uma região florestal localizada a noroeste do Monte Fuji. Devido a sua extensão, 34 quilômetros quadrados, e também conhecida como Jukai, ou Mar de Arvores. Uma imensidão de verde que permanece assim sem desbotar o ano todo.

Porque estou falando disso e não vou direto ao enredo? Pois a história não só se passa neste local como tem como grande influência um documentário onde se encontram presentes tais dados, mas cujo o foco e igualmente o suicídio.

Leia o resto deste post

O Mundo Experimental de Usamaru Furuya (Parte 2)

furuya2

Finalmente, aqui esta a parte 2 do post tão aguardado sobre as obras desse cara insanamente genial, que me fez curtir um manga Yaoi e me mostrou que historias com merda são realmente uma merda.

Se não entendeu, de uma passada na parte 1 do post, clicando aqui.

Bem, agora vamos ao que interessa. Nessa segunda parte estarei falando de 4 obras fantásticas. Nelas Furuya nos mostra seu sofrimento quando adolescente, faz uma reinterpretação de um filme famoso, mostra como seria um terremoto em grande escala e termina se auto afirmando como gênio, com o que e considerados por muitos sua obra prima.

Infelizmente, retirei o manga Short Cuts da lista de leitura por se tratar de um 4koma sobre Ko-Gal, um tipo de moda entre garotas adolescentes do Japão. Como não sei nada a respeito do tema, acredito que fiz a melhor escolha.

Agora, fiquem com o post ^^

Leia o resto deste post

[Corrente de Reviews] Resenha – Watashitachi no Shiawase na Jikan

watashi

Antes de tudo quero agradecer ao Chuva de Nanquim (que escreveu sobre Panty & Stocking) por ter me passado um manga tão foda para fazer esse review. Sim, ao contrario dos outros blogs da corrente me caiu um manga, o que se encaixa perfeitamente no Mangatom =D

Sei que a intenção foi me dar uma colher de chá por se tratar de um manga, mas me tirou legal da “zona de conforto” por ser um titulo mais voltado para o Josei, apesar de sua demografia ser seinen.

Agora chega de enrolação e vamos para o review =P

Leia o resto deste post