Arquivos do Blog

Resenha: Dragon Head

Dragon Head

Esse é um daqueles títulos em que fico realmente sem saber se recomendo ou não, mesmo tendo gostado. Pois a conclusão e as reviravoltas contidas na obra são daquelas que vão cair no gosto de uns e serem odiadas eternamente por outros, fora alguns fatores que simplesmente devem afastar leitores independentemente do entusiasmo. Leia o resto deste post

Resenha: Black Paradox

black-paradox

Quando um quadrinho vem descrito como uma série de histórias de temática similar você não duvida que seja uma coletânea, mesmo que os personagens se repitam, ainda mais quando Junji Ito é o nome por trás da obra. Nada impede também que apenas a estética seja similar ou que o principal morra e reviva em cada conto. Leia o resto deste post

Primeiras Impressões: The Dregs – A Sarjeta de Vancouver

thedregs

Eu pretendia começar esse texto brincando com o que as pessoas poderiam entender pelo título da obra, citando RuPaul’s Drag Race e perguntando se alguém conhece uma HQ que aborde drag queens de um ângulo mais dramático, talvez com uma pegada meio Hourou Musuko. Leia o resto deste post

Primeiras Impressões: Kangoku Jikken (Prision Lab)

prisionlab

OBS: Texto com base nos 2 primeiros volumes. (12 capítulos)

Você curte o protagonista de Re: Zero ou Deadman Wonderland? Se não, você possivelmente faz parte da maioria. Afinal, eles são apenas observadores. Personagens que parecem existir apenas para apresentar ao leitor os acontecimentos do mundo, sem realmente agir. Não existe carisma, diriam muitos, apenas o propósito de seguir em frente. Leia o resto deste post

Primeiras Impressões: The Promised Neverland (Yakusoku no Neverland)

neverland

Texto com base nos capítulos 01 ao 20

Se você manjá um pouco de inglês sabe do que se trata Neverland. Terra do Nunca. Um reino mitológico que abriga piratas, sereias e o próprio Peter Pan. E ainda assim, porque um mangá com esse título evoca tão pouco da ideia original de J. M. Barrie?

Leia o resto deste post

Resenha: Hideout – O Ápice da Loucura

hideout
No segundo dia de nosso especial de Halloween damos de cara com o maior de todos os monstros. Inteligente, cruel, vingativo, audaz e o maior vilão de The Walking Dead. Zumbis? Quem disse isso? Falo do ser humano. Leia o resto deste post

On the Nanquim: Wytches – As bruxas de Scott Snyder

wytches

O halloween está chegando, e para tal preparamos uma serie de textos e vídeos, até mesmo um podcast, somente para comemorar a semana das bruxas, monstros e outros seres que rondam nosso imaginário. Leia o resto deste post

Primeiras Impressões: The Forevers

forevers

Um grupo de pessoas se reúne a noite e ateiam fogo numa vasta planície, a qual ganha um serpenteado de cor purpura incandescente e fosforo branco. Sete pessoas, um começo, um mistério.

Leia o resto deste post

Indie-a-Tom: Firewatch

Neste vídeo falamos de Firewatch, uma experiência narrativa onde o jogador encara o papel de um guarda florestal que deve resolver um mistério seguindo o rastro de baderneiros enquanto explora toda extensão da área de preservação.

Grupo do Steam / Curator
http://steamcommunity.com/groups/mang…

Twitter
@BlogMangatom
@Trinisete
@sancarmo_

Facebook
https://www.facebook.com/blogmangatom/

Firewatch (onde comprar)
http://store.steampowered.com/app/383…
https://store.playstation.com/#!/sear…

Campo Santo (Desenvolvedor)
http://www.camposanto.com/

Chris Remo (OST)
https://chrisremo.bandcamp.com/

Gone Home (Resenha)
https://mangatom.wordpress.com/2015/0…

 

Poste Especial: Melhores de 2015!

melhores de 2015

Mais um ano que se vai, repleto de pontos altos e baixos. Não quero ser pessimista, mas isso é simplesmente a vida. O que nos faz sair da bad e seguir em frente e a maneira como encaramos os acontecimentos passados, seja guardando lembranças positivas dos momentos que tivemos com nossos familiares, desabafando no ombro de um amigo ou, se for do meu time, relembrar as obras que marcaram 2015.

Convido vocês caros leitores a curtirem um texto especial, marcando a chegada de 2016. Sim, o Melhores do Ano, um dos posts mais visitados da história do blog está de volta. Aqui eu e meus colegas nos reunimos, como bons amigos que somos, para indicar a vocês não apenas os melhores lançamentos mas também os títulos que marcaram o ano para nos.

Sem mais delongas, eis nossas escolhas para os melhores de 2015. Leia o resto deste post