Arquivos do Blog

Essa coisa chamada tempo

Existem escritores com um volume de obras conhecidas, obscuras e as que ainda estamos por conhecer, e os escritores que escreveram uma novela e dois romances meio novela, como Kafka, Juan Rulfo, ou até Joyce, dos quais toda a sua obra é isso, cinco, quatro ou três livros. Eu não quero ser como eles, nenhum deles. Mas também não quero ser como um Robert A. Heinlein, Philip K. Dick, ou meio que o Alan Moore, cujo têm uma obra extensa que, no entanto, te faz perguntar: vale a pena ler tudo isso?   Leia o resto deste post

On The Nanquim: Hitomi

hitomi

Quando pegamos um HQ com traço ou temática oriental logo tachamos de mangá, o que não chega a ser errado, porem que atrapalha um pouco devido ao preconceito que muitos nutrem. De um lado nerds  que detestam mangás, do outro otakus que pensam o mesmo quanto aos quadrinhos, sendo que no fim ambos estão apenas generalizando e deixando de lado diversas histórias. Perdendo um pouco de cultura por ideais que não deveriam existir. Leia o resto deste post

Primeiras Impressões: After Death

AD

Para você o que seria a pós morte? Um templo no céu? Uma clareira com frutas silvestres? Um calabouço sombrio? Rochas derretidas pelo magma? Seja algo bom ou ruim, existem milhares de visões sobre o que pode vir a ocorrer depois do falecimento, mas a única coisa em comum entre todas estás e que se trata de ficção. Ninguém de fato sabe, e jamais saberá, a resposta para este mistério. Leia o resto deste post

Dentro do teatro a céu aberto

Dentro do teatro a céu aberto
Das pouquíssimas vezes que vou na rua, geralmente em virtude de algum compromisso importantíssimo — como foi nesse dia — sinto como se pisasse em Nárnia. Noto e esbarro com coisas que preferiria deixá-las naquele plano de existência. Mas nesse fatídico dia fui e cheguei noutra conclusão: a vida é um teatro a céu aberto; estas são outras palavras para dizer o que Shakespeare aforismou cinco séculos atrás.

Aproveitando a data da Black Friday, foi nessas caixas lotéricas a fim de pagar em boleto uma compra que vislumbrei personagens com feições dignas de um teatro. E foram três as que mais me chamaram a atenção.

Leia o resto deste post

On The Nanquim: Três Sombras

Três Sombras Leia o resto deste post

Resenha: Solanin

solanin

Leia o resto deste post