Arquivos do Blog

Super BSBros: Alien VS Predator (Arcade) – Parte 2

E continuamos Alien VS Predador, o jogo mais gore e cheio de F*UKs da internet com Zigfrid (Raphael Gama) e Golden Silver (Francisco Ramos) detonando nos joysyicks. It’s time to hunt!

Anúncios

Hoje sou YouTuber

youtuber

Quem diria. Eu fiquei sem tempo para fazer um texto e por isso resolvi fazer um texto sobre eu estar sem tempo para fazer um texto. Isso que chamo de ironia, ou quase. Talvez ironia seja eu dizer que meu trabalho e YouTuber, mesmo o meu canal tendo apenas 158 inscritos e o outro estando começando a engatinhar.

Porem… não é ironia. Eu sou um YouTuber que trabalha como YouTuber, porem que não ganha com o canal do YouTube que abriu. Ficou confuso? Pois bem, essa segunda eu comecei a trabalhar como YouTuber pela primeira vez, mesmo apesar deu ter um canal no YouTube que está prestes a completar 2 anos.

É.… é, eu sei. Parece que fiquei maluco. Mas sabe, e um troço estranho mesmo. Eu quando pequeno queria ser presidente, não YouTuber. Então eu fui estudar ciências da computação e me formei em Design Gráfico. Dropei da faculdade de Publicidade e Propaganda, comecei a traduzir coisas ilegalmente, abri uma editora legalmente, deu meu merda e resolvi jogar minha voz na internet. Voz, pois minhas palavras vêm sendo publicadas aqui no Mangatom a 7 anos.

mangatom

O que quero dizer com tudo isso e que a vida dá voltas. Eu tive muitos sonhos, e muito hobbies, mas nunca trabalhei com o que eu gostaria. Eu já fui garçom, técnico de impressoras, escravo de gráfica. (Risos forçados) E talvez o único momento que eu me vi fazendo o que desejava foi no tempo ínfimo que a Hanabi, outrora minha editora, estava aberta.

Eu detestava a parte administrativa e lidar com pessoas nunca foi o meu forte, mas ao menos eu podia traduzir os HQs. Algo que eu tive de fazer por conta própria, tirando do bolso pois cheguei num ponto que pensei… foda-se, se der errado qual o problema? Eu já fracassei em tudo mesmo. Isso se tratando dos estudos e trabalhos.

Aquilo que era hobby eu deixava de lado na importância, mas ainda assim me empenhava naquilo. Com o tempo o hobby acabou se tornando mais e mais importante, até que eu passei a receber material para resenhar de editoras nacionais e internacionais. Posteriormente jogos, assim nascendo o Indie-A-tom. E a alguns meses atrás me foi solicitado por um autor de usar parte de um texto meu na sua publicação.

Tê Rex 34 - te-rexhq.blogspot.com

Eu passei a ser reconhecido, por não desistir, por sempre seguir em frente e aprimorar minhas habilidades, mesmo que inconscientemente e se tratando apenas de um hobby. Algo que deveria ser casual, mas que para mim se tornou uma maneira de seguir em frente com a própria vida. Um último refúgio de um lugar em que eu me sentia bem por agradar a mim mesmo com a qualidade que eu gostaria de ver em outros lugares.

E não falo isso para parecer metido, e sim tentando passar como que eu tentava melhorar em certos aspectos. Pode não parecer algo relevante, ou crível, para você, mas é a forma como eu tentava enxergar aquelas minhas longas horas de pensamento em busca da frase perfeita para um texto que talvez eu fosse apagar no dia seguinte.

Passei essa minha insistência para o YouTube, a plataforma do futuro. Em parte, por medo da relevância que o texto escrito teria para o consumidor de hoje. Pois sempre me vi como uma espécie de auxílio na hora de encontrar algo que pudesse vir a agradar. Algo para ser consumido, portanto o uso aqui de consumidor. E querendo ou não o YouTube se tornou um ponto fundamental para esse tipo de busca, ao menos se tratando do meu público alvo.

indie-a-tom.jpg

Mas levar as resenhas de quadrinhos para o YouTube? Transforma-las em vídeos? Isso sempre me pareceu uma tarefa árdua, tediosa e que pelo jeito ninguém conseguiu fazer com exatidão. Digo isso pois não considero vlogs com um quadrinho em mãos de fato como uma resenha, um review, e sim mais como uma opinião espontânea gravada em vídeo. Nada errado com isso, tem canais que se saem muito bem com essa formula, mas nunca foi para mim. Escrever sempre me pareceu mais divertido.

O lance então era minha outra paixão. Animes? Nah. Acabou acontecendo com o Nanquim Animado, mas a prioridade foram os jogos, e indies ainda por cima! Nicho do nicho. Pode me chamar de Zé Underground se quiser. Mas eu adoro pegar e falar de material menos conhecido, não importa a mídia.

E foi nutrindo esse amor por quase 1 ano que eu me vi na bosta agora em 2018. Achou que ia ser uma frase alegre? Enfim, alguns acontecimentos, como o meu e-mail ter sido hackeado, e certos indivíduos que não me entendem e preferem partir para a ignorância me fizeram quase desistir, e infelizmente ainda tentam. Mas assim de supetão ocorreu algo inimaginável.

Sem Título-2

Mês passado, Julho, eu vi uma vaga curiosa no jornal. YouTuber. Tenho de admitir nesse momento que ganhar dinheiro como YouTuber foi algo que nunca passou pela minha cabeça, pois me parece raro os casos em que alguém se dá bem na plataforma. Ainda assim, a vaga estava ali na minha frente, então porque não?

Fui lá, mostrei de onde eu vim e tudo que adquiri com todas essas experiências que eu falei aqui para vocês. E não pense que não tiveram concorrentes. Certamente canais maiores que o meu se apresentaram. Mas no fim foi, acredito eu, minha confiança no que faço e a demonstração dessas habilidades que me puseram a frente.

Assim, essa semana, segunda, dia 13/08/2018, eu assinei o contrato de YouTuber. Pode não ser o que vocês esperam, afinal eu só faço tutoriais para um grupo que desenvolve softwares financeiros. Mas para mim isso é algo grande.

keep-calm-eu-sou-um-youtuber

Primeiro que eu estou feliz por receber um salário e trabalhar com algo que gosto. Quem não gostaria? Mas é muito mais que isso. Eu me sinto uma pessoa útil e capaz. Um sentimento que não me vinha talvez a anos. Uma demonstração de que o que eu estou fazendo aqui na internet não é à toa e de que devemos abraçar todas as nossas experiências e aprender com elas por mais que tenham gerado lembranças ruins. Eu odeio a época da Hanabi, e posso dizer isso alto e claro, pois aquele momento me serviu no futuro.

E é por estar trabalhando agora com isso que fiquei sem tempo para ler algo e resenhar essa semana, haha. Por isso o textão. E so para vocês não pensarem que isso e um aglomerado de palavras centradas em mim por ser um tremendo narcisista, apenas para e reflita. Quais experiências te moldaram? O que você pode aproveitar no futuro? O seu hobby e tão inútil assim? Sempre siga em frente, nunca desista. Viva a vida, por mais amarga e ruim que ela possa parecer agora. Um dia você pode dar a volta por cima.

Ah, é o quão foda e ter uma vaga de YouTuber no jornal? Porra, esse é o futuro! Dava um texto so sobre isso. LOL Mas acho que eu sou um pouquinho narcisista mesmo, haha.

Super BSBros: Lethal League + Brawlhalla

De uns tempos para cá ando meio longe do Mangatom, mas não é por isso que deixei de produzir. Tanto que tirei 1 mês inteiro para organizar as coisas e deixar conteúdo pronto em prol de evitar atrasos.

Ao mesmo tempo eu venho postando durante todo mês de Julho no canal de games, agora renomeado Indie-A-tom, um novo quadro de gameplay chamado Super BSBros. Porem com tanta coisa junta acabei esquecendo de avisar esses detalhes aqui no blog, o que deveria ter sido prioridade desde o começo.

Sendo assim para evitar flood, abaixo você pode conferir os três primeiros episódios do Super BSBros. Aproveite e comente o que achou, deixe o seu like, compartilhe e todo o resto que vocês tão cansados de ouvir.

Review: Made in Abyss – Uma aventura para adultos!

Chegou a vez de analisar Made in Abyss, um dos animes mais marcantes de 2017! E o melhor, sem spoilers. Então senta ai e confira o nosso mais novo review. Não vai se arrepender!

Primeiras Impressões: Shape of the World – Apenas relaxe!

Primeiras Impressões de Shape of The World. Um walking simulator que visa relaxar o jogador e trás bastante interatividade para a mesa. Explore um mundo em constante evolução nesse belo game!

Review: Hakata Tonkotsu Ramens – O novo Durarara!?

Compartilhem, comentem, favoritem! Isso ajuda muito o canal. ^^

Melhores Encerramentos (Inverno 2018) – Even my words were lost

Melhores Aberturas (Temporada de Inverno 2018)

Gente, saiu aqui o segundo vídeo do Nanquim Animado! Dessa vez listamos as melhores aberturas da temporada de inverno de 2018!

Confira o vídeo e comente, qual sua abertura favorita?

Review: Juuni Taisen – O battle Royale de Nisio Isin

Curte animes? Tá atrás de um novo canal sobre esse assunto? Então confere ai no link o primeiro review do ! Espero que gostem. ^^

Review: Juuni Taisen – O battle Royale de Nisio Isin

Assista, comente, compartilhe! Queremos sua opinião!

Atom 5: Os Melhores Ovos dos Games

Era para ter saído ontem o vídeo, até avisei no Twitter. Mas minha internet caiu e so deu para postar agora, mals ae. Espero que curtam a brincadeira. ^^